Projeto 6 on 6 Canada – Janeiro 2020 – 6 cuidados com o frio

Hoje, dia 6 de Janeiro, não é apenas o dia de desmontarmos as nossas decorações de Natal, mas também o dia de postarmos o primeiro texto do Projeto 6 on 6 Canada de 2021. Para quem não se lembra, esse projeto fez 5 anos em Dezembro, e para celebrarmos, publicamos um vídeo falando mais detalhes sobre ele. Se você ainda não assistiu, clique aqui para ver.

E para darmos o pontapé em 2021 com grande estilo, resolvemos falar sobre um tema que interessa a 99,99% das pessoas que pensam em algum momento da vida de visitar e/ou morar no Canadá: o frio.

Para começar esse post, quero deixar bem claro que nenhum dos 6 invernos que passei aqui no Canadá foram iguais aos outros. Cada ano tive uma experiência diferente, e isso prova o quanto a percepção sobre o inverno e o frio varia de pessoa para pessoa, já que eu mesmo tive vivências diferentes ao longo dos anos. Mesmo assim, resolvemos elencar alguns cuidados que devemos ter em relação ao frio. Escolhi alguns que acho importantes, e talvez não sejam exatamente as dicas que vocês imaginavam encontrar quando viram o título do post, mas decidi citá-las de qualquer forma. Vejam a lista a seguir:

Cuidado #1: Não deixe o medo te paralisar

Já perdi as contas de quantas vezes eu já ouvi alguém dizer a seguinte frase: “Deus me livre ir para o Canadá no inverno. É muito frio!!!”. Falei esses dias no Instagram que minha própria família não pensa em vir me visitar nunca durante os meses mais frios. Embora eles tenham muita vontade de ver a neve, falta-lhes coragem para encararem o frio. Eles não conseguem sequer imaginar a possibilidade de passar um dia por aqui com a temperatura abaixo dos dois dígitos, quem dirá, com ela estando negativa.

Sempre explico que com as roupas, calçados e acessórios apropriados, enfrentar o frio não é tão difícil como parece. Além disso, sempre falo que os ambientes internos são aquecidos, que as casas são bem preparadas, que a água das torneiras e chuveiro são quentinhas, mas nada disso adianta.

Como eu falei na abertura desse post, a percepção do frio é muito individual e talvez algumas pessoas não conseguirão mesmo se adaptar, mas eu sou da opinião de que devemos experimentar, mesmo que com medo, pois somente assim saberemos se vamos ou não gostar. Compreendo aqueles que deixam de aproveitar uma boa oportunidade por causa do medo, mas não encorajo que eles assim o façam. Dessa forma, eu quis colocar o enfrentamento do medo como o primeiro cuidado dessa lista que temos que ter em relação o frio.

CUIDADO #2: Não faça do inverno uma competição

Existem muitos esportes e atividades de inverno, e dentre eles, vários podem ser classificados como eventos competitivos, e não há dúvidas de que isso é bastante saudável. Mas existe um tipo de competição que eu vejo não somente nas redes sociais, como também na vida normal, que é ser o “fodão do inverno”.

“Ah, eu já peguei uma temperatura de -20C”

“Só isso? Eu já peguei um dia que estava -38C”

“Nossa, isso nem é tão frio assim, com -30C eu saio apenas com uma jaquetinha jeans”

Nossa, como esse tipo de competição me irrita! Eu tenho que admitir que eu mesmo já me peguei contando vantagem das temperaturas negativas que passei por aqui. Depois que me ouvi, percebi o quanto aquilo poderia ser prejudicial para quem estava escutando. Lembre-se: cada pessoa vive o inverno e o relacionamento com o frio de uma maneira diferente. Se para você é normal sair de jaquetinha jeans quando está congelando lá fora, você não precisa menosprezar aqueles que querem sair com o cobertor enrolado no corpo, pois a sensibilidade deles ao frio é maior do que a sua. Muitas pessoas se assustam com os números por causa desses competidores de inverno. Então, da próxima vez que você for contar a alguém qual foi a temperatura mais baixa que você enfrentou, perceba se você está dizendo isso somente para contar um fato, ou se você está querendo assumir o cargo de “fodão do inverno”. A internet já está cheia deles por aí!!!

CUIDADO #3: Veja bem por onde anda

Durante o inverno aumenta bastante o número de acidentes por conta do gelo e da neve. Dependendo do quão fresca a neve está, ou mesmo da sua textura, fica mais fácil ou não transitar por ela.

Utilizar um calçado apropriado ajuda a evitar esse tipo de quedas, mas eu acho importante também, observar bem a superfície em que se está caminhando. Quando vou fazer trilhas, como essa da foto, eu sei que estou correndo um certo risco de me acidentar caso o solo esteja muito escorregadio, portanto, eu evito fazer esses trajetos quando sei que tivemos algum episódio de chuva congelada, ou quando a neve começou a derreter por alguns dias e depois voltou a congelar. Prefiro fazer esses passeios enquanto ainda está nevando, assim sei que a neve fofinha vai aumentar a resistência do solo enquanto eu caminho.

Acontece que nem somente de trilhas vive uma pessoa que mora no Canadá. Muitos precisam caminhar pelas ruas para se deslocarem, para pegarem o transporte público, ou mesmo para fazerem exercícios físicos. Nem sempre o caminho está apropriadamente limpo ou mesmo iluminado, e assim, dificultando a passagem por ali. Eu costumo dizer que é importante saber exatamente ondem ficam aquelas tampas de esgoto nas calçadas por onde você anda aqui no Canadá. Quando neva, essas tampas ficam completamente escorregadias, então, passar sobre elas pode ser um grande perigo.

Nesses 6 invernos vivendo aqui eu já levei alguns escorregões, mas caí somente umas duas vezes. Fiquei sem carro durante os 3 primeiros invernos, então acho que o meu saldo de quedas não foi tão ruim assim. Dessa forma, eu digo que você precisa ter cuidado por onde anda, mas não deixe de sair por causa do medo de cair. Olha eu falando de medo novamente. Se ainda não o superou, volte para o Cuidado #1.

Cuidado #4: Não se apaixone pelo seu sofá

Nesses dias mais frios é tão fácil olhar para o seu sofá quentinho, cheio de cobertas e almofadas, e querer passar o dia inteirinho nele assistindo TV, lendo um livro, ou subindo e descendo a tela do seu celular. Esses dias são bons e também necessários, mas não deixe que isso vire uma prática. É fácil se apaixonar pelo seu sofá nessa época do ano. Lute contra essa vontade de querer ficar o dia todo dentro de casa em decorrência do frio. Isso não faz bem para a sua saúde mental.

Exercite-se, faça caminhadas, saia para tirar umas fotos, vá até uma cafeteria (observe as restrições por conta da pandemia, afinal, ainda estamos em 2021), pratique alguma atividade esportiva de inverno (menos a competição entre “fodões”, ok?), mas não fique em casa. Viva durante o inverno, pois quanto mais você se acostuma a ficar parado, mais você vai querer ficar parado.

Eu sempre dou um jeito de sair durante os finais de semana para fazer uma trilha, andar pelo bairro, procurar alguma coisa interessante para compartilhar aqui no blog ou nas redes sociais, mas confesso que têm dias que prefiro assistir vários episódios das minhas séries favoritas, ver filmes, mas quando chega a segunda-feira e tenho que retornar ao trabalho, me arrependo de ter ficado o dia todo em casa. Então, encontrem um equilíbrio, pois certamente isso fará muito bem à sua saúde mental. Acredite!!!

Cuidado #5: Aprenda a conviver com a escuridão

Falar sobre esse cuidado é mais fácil do que realmente cumpri-lo. Nessa época do ano os dias são mais curtos, com poucas horas de luz solar. Assim, quando saímos do trabalho, normalmente já está escurecendo. Na minha opinião, não é fácil se acostumar com isso, principalmente depois de um verão intenso. Levo algumas semanas para me adaptar, e durante os primeiros dias eu sinto que estou me arrastando quando chego em casa e já está tudo escuro.

Desta forma, reforço a ideia de que você não deve se apaixonar pelo seu sofá, caso contrário já estará com vontade de dormir antes mesmo das 6 da tarde. Force-se a fazer alguma atividade que te obrigue se movimentar. Lute contra a vontade de não fazer nada. Nos dias que saio para caminhar, mesmo sem vontade alguma, volto para casa muito mais contente, com a energia recarregada. Mas assumo que passo muito mais tempo em casa do que eu gostaria. Como falei no início do post, tive experiências diferentes em cada ano, e nos meus últimos invernos tenho sofrido mais com a escuridão do que eu sofria no início. O importante é dar a volta por cima e não se deixar abater durante essa fase. Ela passa, mas é longa!

Cuidado #6: Não fique enrolando, e fale logo sobre os cuidados que todo mundo queria ver

Demorei para chegar até aqui, mas cheguei!!! Os cuidados que citarei agora estão disponíveis por aí na internet no perfil de qualquer pessoa que fala sobre a vida no Canadá. É importante saber desses cuidados, mas principalmente, praticá-los.

Isso envolve ter os cuidados com a pele, com a alimentação, com a prática de esportes, com a ingestão de vitaminas (principalmente a vitamina D), os cuidados com a saúde mental (que comentei superficialmente quando falei sobre o Cuidado #4). Também é importante não descuidar dos relacionamentos interpessoais, já que nessa época do ano muitas pessoas ficam com o humor alterado. Ressalto também a importância de observar os cuidados e práticas durante a fase da pandemia, já que ainda não nos livramos dessa doença. Não saia de casa se você estiver com algum dos sintomas do COVID 19. Não vá para o trabalho se estiver doente.

Tenha cuidado no trânsito quando estiver dirigindo. Opte sempre por colocar os pneus de inverno no seu carro; além de economizar no valor do seguro, você estará aumentando a sua proteção durante (ou após) as tempestades de neve ou chuva congelada.

Se você morar em casa, siga as recomendações e faça a preparação de inverno para evitar que o encanamento da casa congele. Limpe sempre a neve da sua calçada e evite que pessoas sofram acidentes por sua causa.

Não deixe cortinas obstruírem os aquecedores das casas e apartamentos. Não deixe velas acesas quando não estiver por perto. Evite incêndios!

Nossa, acho que acabei escrevendo demais. Espero que vocês tenham curtido as minhas dicas, ou pelo menos, se identificado com algo que eu mencionei aqui neste post.

Além desse ser o primeiro post do Projeto 6 on 6 Canada de 2021, esse mês estamos recebendo uma nova participante por aqui – a Thais do blog Viajadora. Ela já fez parte do projeto no passado, e agora está retornando. Seja bem vinda Thais!!!!

Convido a todos para visitarem o blog dela e das demais participantes aqui do projeto, para ver as dicas e cuidados que elas acham importantes durante o frio.

Um abraço a todos, e até a próxima!!!

Priscila – Victoria – Embarque com a Pri

Mariana – Calgary – Mariana Day Blog – De bem com a vida no Canadá

Gabriela – Toronto – Gaby no Canadá

Nanda – Ottawa – Sala da Nanda

Thaís – New Westminster – Viajadora

5 comentários

  1. Oi, Reinaldo! Obrigada pelas boas vindas, tô muito feliz em participar do projeto novamente. Achei engraçado ver como nosso jeito de encarar o inverno canadense é parecido, eu também me forço a caminhar todos os dias, tenho sofrido mais com a escuridão nos últimos anos, e não aguento esse lance de competir pra ver quem pegou mais inverno aqui. rs Ótimo post!

    Curtir

  2. heheheheh… adorei a competição. Nunca me peguei falando isso, mas é verdade. Ah, e onde a gente pisa é essencial mesmo: meu marido já caiu na água congelada por não cuidar onde pisou! 🙂

    Curtir

  3. Amei tudo, mas o primeiro e o segundo foram muito bem colocados!!!! Conheço muita gente que só vai passar as férias em lugares quentes e tropicais, eu acho que a pessoa perde a chance de viver algo diferente pelo medo do frio mesmo. Quando a gente fala que é tudo preparado por o frio, as pessoas não entendem. Sobre o segundo tópico eu sempre passo por isso, afinal sou pequena e magra,e então sinto muuuuito frio. Mesmo no Brasil e sentia mais frios que as demais pessoas.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s