Projeto 6 on 6 Canada – Julho 2020 – Minha janela no Canadá

img_3088

Hoje o Projeto 6 on 6 Canada traz uma novidade: temos uma participante nova entrando no grupo. A Nanda mora em Ottawa, e a partir de agora, todos os dias 6 de cada mês, ela dividirá conosco o espaço aqui no Projeto, para mostrar a visão dela sobre os temas que abordamos. Seja bem vinda, Nanda!

O tema desse mês me obrigou a pensar um pouco fora da caixinha. A ideia é mostrar a nossa janela aqui no Canadá, e aquilo o que enxergamos através delas, seja um fato, uma mudança climática, ou o que mais vier à nossa mente.

Moro há mais de 5 anos no mesmo apartamento, e da minha janela vejo a mesma cena todos os dias, exceto, o pôr do sol, que cada dia traz um novo espetáculo diferente do anterior.

Vou modificar um pouco a proposta do post e incluir a minha sacada toda, assim, consigo trazer uma variedade maior que somente a janela não seria capaz de mostrar.

Me lembro da primeira vez que entrei nesse apartamento para conhecê-lo quando estava procurando um lugar para morar aqui em Hamilton. A primeira coisa que fiz foi olhar nessa janela e procurar pela estação de trem da cidade. Não me esqueço que perguntei para o superintendente do prédio onde ficava a G-O Station (assim mesmo, soletrando a palavra GO), e ele virando para mim e dizendo: a GOOOO (assim, com os O’s bem puxados mesmo), fica para o lado leste, e aqui estamos virados para o oeste. Não me esquecerei nunca desse dia.

GO Station – não dava para ver da minha janela, mas que eu procurei, isso eu procurei…

Também não me esqueço da noite em que acordei com o meu quarto todo iluminado por causa de um incêndio nesse prédio que vejo da minha janela (aquele da foto do pôr do sol). Naquela noite eu estava com a cortina aberta, e as luzes das sirenes da ambulância e do caminhão de bombeiro pareciam estar dentro da minha casa. Foi assustador. Naquele dia eu vi a importância de fazer o chamado tenant insurance, para me proteger (e minhas coisas) no caso de uma emergência dessas, tão comum por aqui no Canadá.

Prédio que sempre aparece nas minhas fotos de pôr do sol. Ele bloqueia a minha visão!!!

Foi dessa janela/sacada que assisti a minha pequena Alice (que virou uma estrelinha recentemente, mas que vocês já viram através desse post aqui), recebendo seu dia de princesa em um desses salões móveis. Naquela época eu ainda não tinha um pet shop para levá-la, e acabei encontrando a indicação dessa pessoa que fazia o serviço em casa. Foi legal sentar na minha sacada e saber que a minha pequena estava sendo bem tratada por lá. Ah que saudade dela! Ainda me custa acreditar que ela já não está mais por aqui.

Também ai nessa janela, tenho que me lembrar daquilo o que não vi. Sim, uma vez acreditei em uma vizinha, e resolvi não sair para ver os fogos de artificio do Canadá Day, pois ela havia me garantido que dava para assistir daqui da sacada. É bem verdade que o andar dela era 3 acima do meu, mas mesmo assim eu ainda duvido que a “traíra” tenha realmente visto alguma coisa por ali. Eu não consegui ver porra nenhuma. Ainda bem que tinha uma cervejinha gelada, e não perdi completamente a noite.

A foto foi tirada por alguém que não acreditou na vizinha mentirosa e foi para o Bayfront Park ver o show de lá

Outra coisa que vejo da minha janela é a igreja de St. Joseph. Logo que cheguei aqui no Canadá eu frequentei algumas vezes essa igreja. Atualmente não tenho ido, mas guardo boas recordações de lá. Quando minha mãe veio me visitar da última vez, levei ela para ver uma missa por lá. É engraçado que a véinha não entendeu sequer uma palavra, mas reconheceu todos os ritos da missa, já que eles são universais na Igreja Católica. Ela ficou tão feliz por estar lá, e isso foi lindo de ver.

Paróquia de St. Joseph – vejo essa pontinha verde da minha janela todos os dias

Em contexto um pouco mais óbvio, é claro que vejo todas as mudanças climáticas por aqui. Já acordei e vi tudo branco sem nem imaginar que veria, já vi as árvores perderem as folhas, o verde retornar à vida, o vento que parecia derrubar tudo pela frente, a neblina que ofuscou toda a paisagem, as flores que coloriram as ruas. Vi a minha família posar para uma foto ali, amigos sentarem lá para tomar uma cerveja, a minha pequena Alice esperando eu levantá-la para que ela pudesse espiar a rua, as lembranças de um amor que já não mora mais aqui nessa casa.

Qualidade da foto é zero, mas imaginem o outono chegando e as folhas mudando de cor. Ah, olha pontinha verde da igreja também!!!!

Concluo que essa janela é muito mais do que uma simples janela. É aí na frente dela que gravo meus stories para o Instagram, então ela é praticamente uma “ferramenta de trabalho” para mim.

Como eu falei, o post de hoje acabou sendo diferente do que eu imaginava que ele seria. Essa janela faz parte da minha história aqui no Canadá, então foi gostoso reviver um pouco dessas memórias. Que venham muitas e muitas mais pela frente.

Vamos aproveitar o momento, então, para dar uma espiadinha na janela das demais participantes do Projeto 6 on 6. Clique nos links abaixo, e vocês chegarão no blog de cada uma delas.

Priscila – Victoria – Embarque com a Pri

Mariana – Calgary – Mariana Day Blog – De bem com a vida no Canadá

Elisa – Edmonton – Casei e Mudei

Gabriela – Toronto – Gaby no Canadá

Nanda – Ottawa – Sala da Nanda

9 comentários

    • Obrigado, Adriane. Em Outubro completo 1 ano de projeto. Entrei justamente quando você se mudou para a Alemanha. Que bom que vc continua nos visitando, assim pode ir matando a saudade. Quem sabe logo mais tenha um projeto especial e você possa vir fazer uma participação!!! 🙏🏻

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s