VidaNaGTA: Uma região de Hamilton que eu não moraria

Primeiramente quero começar o post de hoje contando uma novidade aqui no Projeto #VidaNaGTA. Temos uma participante nova! A Sandra do Blog Vamo Kombiná aceitou o nosso convite para participar desse projeto, portanto, todo dia 15 de cada mês, ela, que mora com a sua família em Toronto, publicará um texto com o mesmo assunto que os demais blogs participantes.

E para a estréia da Sandra, obviamente escolhemos um tema bem complicadinho de escrever, assim ela já começa com tudo!!!

Eu perco as contas de quantas vezes recebo a pergunta sobre bairros que as pessoas devem evitar aqui na cidade de Hamilton. Já escrevi outros posts falando sobre violência, e sobre a beleza da cidade.

Evitei durante muito tempo escrever sobre bairros que não recomendo, ou que não tenho intenção de morar, porque acho esse julgamento um pouco injusto. Aquilo o que pode não ser bom para mim, pode ser o que é de melhor para alguém mais. Pode, inclusive, ser a única alternativa viável para alguém, e algo que trará aquele indivíduo uma felicidade absoluta.

Muitas pessoas que pretendem vir para Hamilton, acabam pesquisando na internet sobre brasileiros na cidade, e como consequência, encontram o meu blog. Assim, vou deixar de lado o meu receio de fazer julgamentos sobre uma região ou outra, e explicarei exatamente o motivo pelo qual não moraria nessa área.

Estão vendo esse Portal aí da cidade? Ele fica localizado no cruzamento da King Street East com a Wellington Street. Os carros que vocês vêem na foto estão indo sentido Oeste da cidade. Invertam o sentido agora. Começando aí na Wellington Street, mas viajando sentido Leste, inicia a região de Hamilton que eu não tenho vontade de morar.

Volte na foto. Estão vendo a mocinha atravessando a rua? Pois bem. Aquele sentido em que ela está indo (Norte), também faz parte da área que pretendo evitar.

O trecho ao qual me refiro, envolve toda essa área mostrada acima, principalmente nas proximidades da Barton Street East.

Antes de escrever esse post eu fui caminhar nessa região para ter certeza do que estou falando. É uma área considerada mais popular, e, consequentemente, preferida pela população de baixa renda. Surpreendentemente, no meu passeio por essas ruas, encontrei algumas casas recém renovadas, o que mostra que há um esforço para revitalização da região.

Como vocês sabem, eu trabalho na área de Serviço Social, e muitos dos clientes atendidos pelo projeto em que atuo, vivem ou frequentam essa região da cidade. Nem todos esses clientes são extremamente felizes ou gratos com a sua passagem pela empresa em que trabalho. As vezes ouvir um “não” é preciso, mas nem sempre essas pessoas ficam satisfeitas com essa resposta. Assim, morar na mesma região em que eles frequentam, pode não ser o caminho mais seguro para alguém que trabalha nessa área social.

Não vou dizer que na região em que moro atualmente eu não corra o risco de encontrar com clientes, mas a incidência é infinitamente menor do que se eu estivesse nessa região Norte da cidade que destaquei no mapa anterior.

A Barton Street East, por exemplo, abriga o Centro de Detenção aqui da cidade. Além disso, ela é conhecida por ser um ponto comum de prostituição. Por outro lado, existem vários estabelecimentos comerciais nessa rua que são bem badalados, o que acaba tornando a região interessante por conter essa mistura tão conflituosa.

Como falei anteriormente, vi casas bem interessantes e bonitas pelas ruas por onde andei. Creio que têm muitas pessoas que moram nessa região há muito tempo e que sofrem um certo preconceito daqueles que, como eu, acabam estereotipando a área como um todo. Espero, no entanto, ter conseguido explicar as razões pelas quais não me sinto atraído por essa região.

Bem, esse post faz parte do Projeto #VidaNaGTA, então agora é hora de ver o que as demais participantes pensam sobre esse assunto, e descobrir qual a área da cidade em que elas não gostariam de morar. Curiosamente todas elas moram em Toronto, portanto, estou doido para saber o que elas escreveram. Clique nos links abaixo para ver o texto de cada uma.

Livi – Baianos no Polo Norte

Gabriela – Gaby no Canada

Paula – Brasileira em Toronto

Sil – Mundo da Sil

Sandra – Vamo Kombiná

Um comentário

  1. Eu acho super válidas as razões que você listou. Baseada nesse post também não teria muita vontade de morar nessa região. 😀
    Abraço

    Curtir

Deixe uma resposta para Livi (Baianos no Polo Norte) Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s