Projeto 6 on 6 Canada – Abril 2020 – 6 produtos que conheci no Canadá e agora não vivo sem

img_3088

Tenho que confessar que esse dia 6 de abril foi muito desejado. Depois de uma temporada compartilhando somente coisas sobre o assunto mais comentado do momento, chegou a hora de falar de algo um pouco mais leve, fora dessa rotina que acabamos criando com tudo isso que está acontecendo no mundo atualmente.

E não teria melhor oportunidade para fazer isso do que no Projeto 6 on 6 Canada, do qual faço parte desde Outubro de 2019. Para quem ainda não está familiarizado com esse projeto, vou dar uma resumida de como ele funciona. Todo dia 6 de cada mês, 6 diferentes blog em regiões diversas do Canadá, discutem o mesmo tema. Como muitos já devem ter notado, sou o único homem do grupo, o que torna o projeto um tanto diferente do que costumava ser desde a sua criação em 2015. Acho essa diversidade bem interessante, pois embora a gente esteja falando sobre um único assunto, as abordagens são completamente diferentes umas das outras.

Para o mês de Abril de 2020, escolhemos falar sobre produtos que conhecemos depois que nos mudamos para o Canadá, e que agora não conseguimos mais deixar de utilizar. Tenho certeza de que a lista é bem longa, mas quando a gente para e começa a pensar sobre o tema, não é tão fácil assim de elencar os produtos. Depois de muito tempo quebrando a minha cabeça, cheguei nessa lista que vocês verão abaixo.

1- Pumpkin Spice Wafers

wp-1586101294975.jpg

O primeiro produto dessa minha lista, é algo que descobri em 2019, e que, infelizmente, preciso ficar um ano inteiro esperando para que ele volte. Essas bolachas (sim, sou de SP), são vendidas somente durante o Outono, pois elas são feitas de abóbora, portanto, a época mais tradicional para consumir os produtos de abóbora é durante o mês de Outubro.

Comprei essa bolacha pela primeira apenas para experimentar, mas sem muita expectativa, afinal, os produtos da linha Pumpkin Spice, nem são muito do meu agrado. Para a minha surpresa, achei esse produto sensacional. Saboroso para comer tomando uma cafézinho preto, ou esparramado no sofá assistindo televisão. Não consigo mais ficar sem, e estou contando os minutos para que ele volte para as prateleiras dos principais mercados.

A parte boa, é que a fábrica da Voortman fica na cidade de Burlington, bem pertinho aqui de Hamilton, e eles têm uma lojinha de fábrica que vende os produtos com preços melhores do que nos mercados. Assim, quando chegar  hora, farei um estoque aqui em casa, igual o pessoal fez com o papel higiênico recentemente. Aff, olha eu aqui falando no Corona, de novo…. Muda de assunto, Reinaldo!!!!

2- 5 in 1 Men

Amazon.com : Smooth Groom Charcoal Face & Body 5 in 1 - Shampoo ...

Embora eu já tenha feito um post aqui falando sobre produtos que eu uso durante o inverno, já falei também que não sou vaidoso ou ligado nessas coisas de skin care. Uma visita ao mercado, por exemplo, para comprar shampoo, sabonete de corpo, é quase uma tortura para mim. São muitas opções, com um monte de tipos diferentes, e eu nunca sei exatamente o que pegar. Resultado, vou sempre na opção mais barata.

Mas, há um tempo descobri na Winners, essas opções de produtos masculinos que são considerados 5 em 1. Isso mesmo, um único produto é capaz de ter 5 diferentes funções: shampoo, condicionador, sabonete para o corpo, sabonete para o rosto (esse eu não uso) e loção pré barba. É uma maravilha para aqueles, como eu, que querem praticidade, mas que ao mesmo tempo, querem algo que tenha um cheiro bom, e não deixe a pele toda ferrada. O melhor, é que nas lojas como a Winners e Marshalls, eu pago apenas $10 por uma embalagem de 1 litro, que acaba durante um bom tempo aqui para mim. Muito mais barato do que comprar cada um desses produtos individualmente. Estou na torcida para que essas lojas voltem a abrir o quanto antes…

3- Chicken Seasoning

img_20200405_121221

Falei esses dias no Instagram que acho a comida feita pelos Canadenses um tanto quanto sem tempero. Isso para mim é uma surpresa sem tamanho, já que a parte de temperos nos mercados é simplesmente incrível e cheia de especiarias.

Recentemente eu estava buscando algo que me ajudasse a temperar frango, já que esse é um dos alimentos que mais consumo por aqui. Gosto de comer frango bem temperadinho e saboroso. Esse tempero da marca Irie, é uma mistura de vários condimentos, como sal, alho, páprica, pimenta, cebola, mostarda, etc.

Nem estou recomendando essa marca diretamente, porque sei que existem inúmeras opções nos mercados. Então se você é Canadense e está lendo meu post agora, antes de me convidar para comer na sua casa, dê uma passadinha lá no corredor de condimentos e providencie um, combinado???

4 – Pierogies

Loaded Pierogies | The Hungry Housewife
Crédito da foto: The Hungry Housewife

Antes de chegar no Canadá, nunca tinha ouvido falar em pierogies. Talvez quem já tenha visitado a Europa esteja familiarizado com esse prato, mas isso, definitivamente, não era o meu caso.

O pierogi é uma massinha recheada, normalmente com queijo cheddar e batata (embora existam outros recheios), e que é tradicional em países do Leste Europeu, com destaque para a Polônia, Ucrânia, Eslováquia, Eslovênia, Rússia e Hungria.

Ele é extremamente fácil de ser preparado, uma vez que aqui no Canadá, a gente já compra a massinha recheada e congelada. Ele pode ser cozido, da mesma forma preparamos o macarrão, ou levemente frito na frigideira com manteiga. Alguns restaurantes, como o Loaded Pierogi, que tem unidade aqui em Hamilton, dão a opção de você escolher se quer cozido, frito ou meio a meio.

A parte mais saborosa, é que os pierogies são servidos com diferentes tipos de molhos, alguns mais simples, como o molho bolonhesa, ou opções mais bem elaboradas, com muito bacon, avocado, frango, ou o que a sua imaginação (e fome) desejar. É comum, no entanto, servir o prato com sour cream, que deixa um sabor especial e combina demais com o restante dos molhos.

Sempre tenho uma embalagem no meu freezer para aqueles dias em que preciso cozinhar algo rápido, prático, mas saboroso. Ele também é uma opção bem barata por aqui, então entrou para a minha lista de produtos que não consigo mais ficar sem.

5- Flocão

Flocão Kimilho para Cuscuz - sale – Brazilian Market

Esses dias dei um spoiler no meu Instagram avisando que postaria aqui no Blog sobre o Flocão. Comentei por lá que esse produto foi algo que realmente só conheci depois que cheguei no Canadá.

Sempre que eu entrava em grupos de brasileiros nas redes sociais, alguém perguntava onde poderia encontrar o tal Flocão. Eu imaginava que essa era a farinha de milho tradicional, aquela em flocos, que eu costumo usar para fazer farofa ou tutú de feijão. Um dia, porém, encontrei o Flocão em um mercado português aqui de Hamilton e percebi que ele não se tratava exatamente da farinha que eu imaginava. Decidi então comprar um pacote e experimentar fazer o tal cuscuz, que eu já tinha comido em viagens que fiz ao Nordeste do Brasil, mas nunca tinha tentado fazer em casa.

Olhei no Youtube, claro, e encontrei receitas para fazer o cuscuz no microondas. Segui os passos e gostei do resultado. Imaginei então, que se o negócio fica bom feito no microondas, deveria ser melhor ainda se preparado na cuscuzeira, da forma como é tradicionalmente feito lá no Nordeste.

Da última vez que fui ao Brasil, passei pelo Armarinhos Fernando lá da minha cidade e comprei uma cuscuzeira pequena e baratinha. Não aguentei nem chegar no Canadá para usá-la. Na casa da minha mãe mesmo e já abri o meu brinquedinho novo e já preparei  meu primeiro cuscuz. Meu Deus do céu, que coisa mais boa!!! Foi uma excelente aquisição que fiz para mim.

Depois disso, tenho tentado com diferentes recheios. Normalmente faço só com queijo, as vezes com queijo e presunto, polenguinho, com frango desfiado, carne moída, e agora vou querer provar algumas sugestões que meus seguidores do Instagram me deram, com leite, com carne moída e ovo, num prato chamado “Baixaria” que é típico do Acre.

A Dani, do Vidal Norte, que também faz parte do Projeto 6 on 6, me falou que preciso deixar a receita aqui nesse post. Meus amigos nordestinos que me perdoem se eu falar algo errado, mas a forma que eu faço é muito simples.

Uso uma xícara de flocão para fazer um tamanho suficiente para mim. Acrescento sal, que para essa quantidade de farinha, é apenas uma pontinha de colher de café, somente para dar um gostinho. Depois de mexer bem, vou adicionando aos poucos, meia xícara de água e vou misturando bem, para hidratar toda a farinha. Enquanto vou fazendo tudo isso, já deixo a cuscuzeira no fogo para ir esquentando a água. Aí coloco a farinha já hidratada na cuscuzeira, levo ao fogo, e tampo. Vou observando até perceber que ele já está cozidinho e com um cheiro bom. Normalmente é bem rápido, mas ainda não consegui cronometrar exatamente quanto tempo leva.

img_20200404_101824_060

Para servir, eu coloco um pouco de manteiga e está pronto. É uma delícia e eu não consigo mais ficar sem comer.

6- Air Fryer

Ninja AF101C Ninja Air Fryer, 3.8L, Black: Amazon.ca: Home & Kitchen

O último item da minha lista não é exatamente algo que eu não conhecia, mas que eu nunca tinha experimentado enquanto estava no Brasil. Para ser sincero, eu tinha até um preconceito em relação a esse produto, pois eu imaginava que algo frito, sem óleo, seria extremamente seco e sem gosto. Eu estava errado, e só fui saber disso, quando estive no Brasil em Novembro de 2019, e soube que minha irmã tinha feito torresmo na sua air fryer, e que tinha ficado sensacional. Obviamente eu também já fiz na minha, e inclusive falei sobre isso nesse post aqui no Blog.

Acontece que agora eu faço de tudo na minha air fryer: frango, principalmente as asinhas que eu gosto demais, costelinha de porco, linguiça, batata frita, bifes, bisteca, coxinha, enfim, tudo o que é fritura. A falta do óleo não altera negativamente o sabor do alimento. Muitos deles já soltam aquela própria gordura, e isso já é suficiente para dar aquele gostinho de coisas fritas.

Se eu pudesse voltar no tempo e comprar a minha air fryer logo que cheguei no Canadá, faria isso com certeza. É tipo de produto que não pretendo mais ficar sem por aqui. Recomendo demais para vocês que ainda não têm uma, mas que gostam de comer aquela friturinha gostosa.

 

Agora que vocês já sabem quais são os produtos que eu não consigo mais deixar de usar por aqui no Canadá, convido-os a visitar os demais blogs participantes desse projeto para descobrir quais são os produtos que entraram na lista delas. Não se esqueçam também de me visitar lá no Instagram e me contar quais são os produtos que vocês também não conseguem viver sem. Vou gostar de saber!!!!

 

img_2740

Gabriela – Toronto – Gaby no Canadá

Dani – Newmarket – Vidal Norte

Priscila – Victoria – Embarque com a Pri

Mariana – Calgary – Mariana Day Blog – De bem com a vida no Canadá

Elisa – Edmonton – Casei e Mudei

Um comentário

  1. ADOREI!!!!
    Ainda chocada com essa do cuscuz!!! 😅😅
    Mas a receita está certa sim!!!
    E já quero um feito com Polenguinho no dia que for aí!! 😅😅😅
    Amei o post!!
    Show!!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s