Projeto 6 on 6 Canada – Março 2020 – 6 momentos da minha vida canadense que eu gostaria de reviver

img_3088

Quem já está acostumado a passar por aqui pelo Blog Vivendo em Hamilton, já sabe que todo dia 6 de cada mês, é dia de um novo post que faz parte do Projeto 6 on 6 Canada. Para quem é novo por aqui, vou explicar um pouco sobre o projeto. Todos os meses, 6 blogs, de 6 diferentes localidades do Canadá, dividem um mesmo tema, e nós, os autores dos blogs, temos a oportunidade de expressar-nos sobre um mesmo assunto, contando a nossa visão de mundo e as nossas experiências individuais. Acho muito rico ler sobre as experiências das demais participantes do projeto, e vermos o quanto somos diferentes, mas o quanto estamos em sintonia em muitos assuntos também. Se vocês ainda não leram o post de fevereiro, não deixem de ler. Vou deixar o link aqui para facilitar.

No post de hoje, vou usar uma abordagem diferente da proposta do tema. O objetivo é falar sobre 6 momentos da minha vida aqui no Canadá que eu gostaria de reviver. Existem muitas coisas boas que já aconteceram nesse tempo que estou morando aqui, mas ao invés de escolher uma cena ou acontecimento que eu gostaria de viver novamente, eu vou listar 6 momentos que eu gostaria de sentir a mesma emoção, ou sensação de contentamento, que eu senti quando eles aconteceram.

Para isso, usarei algo que aprendi depois que me mudei para o Canadá. Sempre que um canadense está se referindo a algo que aconteceu no passado, ao invés de lembrar exatamente o dia, ou o mês que a situação aconteceu, eles se referem à estação do ano da qual aquele evento faz parte. Colocarei a seguir a minha lista, e vocês entenderão exatamente do que estou falando.

1- Outono de 2018

wp-1583453929954.jpg

Ainda que eu não queria fazer a minha lista por ordem de importância, eu não poderia deixar de começar esse post sem falar do meu Outono de 2018. Ouvir as palavras  Congratulations, you are now a permanent resident of Canada (Parabéns, você é agora um residente permanente do Canadá), foi tão emocionante, que fica difícil até de descrever o momento.

Todo mundo que já passou por isso, ou está sonhando com esse dia, entende perfeitamente o que quero dizer quando falo que eu adoraria viver aquela sensação novamente. O processo de imigração é bastante desgastante, trás muitas incertezas, muitas vezes frustrações, mas ao final dele, vermos que conseguimos vencer aquela etapa, é muito confortante.

Não gostaria jamais de ter que reviver aquele processo, mas a sensação de vitória no final dele, é algo que nunca conseguirei esquecer como me senti.

2- Inverno de 2015

wp-1583454371730.jpg

O inverno de 2015 foi de muitas emoções, afinal, eu havia acabado de chegar aqui no Canadá, e ainda estava aprendendo a navegar por tantas novidades que eu estava sendo exposto. No entanto, algo inesperado aconteceu e a sensação que eu senti naquele dia, foi inesquecível.

Já comentei outras vezes por aqui, ou lá pelo meu Instagram, que recebi a minha primeira oferta de emprego no Canadá, depois de ter sido voluntário por apenas 3 horas, na organização que estou trabalhando até hoje. Eu não tinha nem 2 meses aqui no Canadá e, naquele momento, não estava procurando emprego ainda. Mas eu estava no local certo, e na hora certa. Receber aquela proposta em um momento da minha vida em que eu só via o dinheiro indo embora, foi uma felicidade tão grande, que eu nunca vou conseguir esquecer como me senti. Já até revivi aquela emoção quando fui efetivado na empresa assim que terminei o meu college, quando recebi uma oportunidade interna para crescimento lá dentro, mas nenhuma dessas situações superará o impacto que foi a primeira proposta que recebi.

3- Verões de 2015 e 2017

wp-1583455381581.jpg

Durante o Verão de 2015 e 2017 recebi a visita das pessoas mais importantes da minha vida. No primeiro ano, meu pai, minha mãe, minha irmã e uma tia vieram para passar apenas uma semana. Fazia pouco tempo que eu morava aqui no Canadá, mas recebê-los foi tão bom, que eu me lembro como se fosse hoje, a minha alegria de ir busca-los no aeroporto.

Em 2017 vieram apenas a minha mãe e a minha tia, mas dessa vez elas ficaram aqui mais de duas semanas. É muito bom receber as pessoas que amamos, e levá-las para visitar os lugares que tanto gostamos daqui. Para eles tudo é tão novo, que eu me sinto inspirado em levá-los para conhecer qualquer lugar, pois sei que irão gostar.

Tê-los por aqui foi simplesmente demais. Esse momento sim, eu espero poder reviver em breve.

4- Verão de 2016 – Parte 1

wp-1583455914646.jpg

Obviamente eu não poderia deixar de falar sobre esse dia, e como ele me emocionou. Foi no Verão de 2016 que concluí uma etapa importantíssima na minha vida aqui no Canadá.

Antes de chegar aqui, eu morria de medo de fazer faculdade no exterior. Sabia exatamente o investimento que eu estava fazendo, e tinha muito receio de não conseguir acompanhar os meus estudos, de não entender os meus professores, de não me adaptar ao país, enfim, aquela insegurança que muitos de nós temos. A formatura foi uma consagração daquela etapa. Ouvir o meu nome sendo chamado no palco, saber que lá na platéia tinham pessoas da família que estavam lá me apoiando, e saber que mesmo aqueles que não conseguiram vir, mas que estavam lá do outro lado do mundo torcendo por mim, foi sensacional.

Não tenho a intenção de me formar em mais nada, mas confesso que aquela emoção de saber que concluí, com louvor, algo que me dava tanto medo, ainda pretendo repetir outras vezes sim.

5- Verão de 2016 – parte 2

wp-1583456640228.jpg

Como se já não bastasse a emoção de ter me formado, no Verão de 2016 recebi a visita do meu irmão, que trouxe a minha sobrinha e afilhada que eu tanto amo.

Esses dias comentei num post da Livi, do Blog Baianos no Polo Norte, que mesmo eu não tenho filhos, eu entendo perfeitamente quando as famílias que moram no exterior sentem uma certa tristeza pelos filhos não estarem crescendo próximo da família lá no Brasil. Quando eu saí de lá, minha afilhada não tinha nem 3 anos. Éramos bem apegados. Saber que ela está crescendo, e que a maior parte das memórias dela será com o “dindo” morando longe, me entristece de uma certa forma.

Nos dias em que eles estiveram por aqui, foi uma alegria tão grande vê-la aqui pertinho, visitando os lugares que o “dindo” tanto gosta, vendo ela ficar tímida cada vez que uma criança se aproximava, e ela morria de medo deles falarem em inglês com ela, foi muito gostoso. Espero que em breve eles tenham mais uma oportunidade de vir, pois agora tenho muito mais opções de lugares que eu adoraria poder levá-los para conhecer.

6- Primavera de 2018

wp-1583457569273.jpg

Pensaram que eu só falaria sobre o Verão? Erraram! Mas esse post deixou claro o quanto eu valorizo o Verão por aqui.

Mas para encerrar a minha lista, quero falar sobre a Primavera de 2018. Foi naquela época em que recebi o convite para dar entrada na minha documentação para a residência permanente, portanto, foi ali naquele momento que soube que nunca mais precisaria fazer aquela merda do IELTS ou CELPIP. Isso sim foi uma felicidade sem tamanho! Não consigo nem expressar quanta satisfação eu senti naquele momento da vida.

Mas independente disso, todas as Primaveras me trazem uma sensação de alegria. Gosto demais de ver as coisas voltando à vida, e vejo que as pessoas também voltam. O humor muda, as coisas ficam mais bonitas, a nossa vontade de fazer atividades externas retornam, e em 2018, o IELTS virou uma coisa do passado. Só motivos para celebrar!!!!

Uau, o post ficou maior do que eu planejava, mas não dava para eu não falar sobre essas emoções que eu gostaria de reviver.

Agora que vocês já leram o meu post, que tal entrar no Blog das demais participantes do Projeto e ver quais são os momentos que elas também gostaria de reviver? Já deixei aqui tudo fácil para vocês. É só clicar nos links abaixo e vocês já estarão no blog delas.

Ao final de cada post, elas também deixam o link dos outros blogs participantes, então, vá clicando em um a um, até vocês terminarem de ler todos. Combinado???

img_2740

Priscila – Victoria – Embarque com a Pri

Mariana – Calgary – Mariana Day Blog – De bem com a vida no Canadá

Elisa – Edmonton – Casei e Mudei

Gabriela – Toronto – Gaby no Canadá

Dani – Newmarket – Vidal Norte

4 comentários

  1. Oii Reinaldo! É muito engraçado como nós dois temos backgrounds diferentes, vivemos em locais diferentes, com vidas diferentes, sempre temos comentários parecidos nos posts do projeto! Adorei o seu post, eu tbm adoro o verão e tenho boas memórias dos meus verões aqui. Abraços.

    Curtir

  2. Reinaldo caramba parece que estou lendo muitos dos meus sentimentos no seu post. O processo do PR é muito desgastante. Chorei algumas vezes preenchendo os forms e separando docs. Sobre os estudos eu tinha esses mesmos receios. Dá um frio na barrriga! Medo de não conseguir acompanhar. Sobre a sua sobrinha sei bem como é. A minha primeira sobrinha veio me visitar com a minha irmã quando ela tinha 2 aninhos, o dia que elas foram embora deu um aperto no coração. Que post lindo cheios de emoções! ❤ O Projeto 6on6 é demais!

    Curtir

Deixe uma resposta para Projeto 6 on 6 Canada – Junho 2020 – Memórias dos verões passados no Canadá – Vivendo em Hamilton Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s