#VidanaGTA: Uma curiosidade sobre o inverno na GTA

FB_IMG_1579040509935.jpg

No mês passado fiz a minha primeira participação no Projeto #VidanaGTA, e depois que publiquei o meu post e fui ler os das minhas companheiras de projeto, fiquei impressionado com a qualidade e capricho empregados por elas. Achei o trabalho incrível e estabeleci meta de que quero me dedicar ao projeto com o mesmo carinho que elas o fazem. Acontece que veio o mês de fevereiro e o tema escolhido foi “Uma curiosidade sobre o inverno na GTA”.

Sei que, apesar do meu esforço para caprichar, vou correr o risco de ser taxado como repetitivo, mas justifico que é humanamente impossível para um morador de Hamilton não falar sobre as cachoeiras congeladas quando o assunto é uma curiosidade sobre o inverno.

Já falei sobre as cachoeiras em outros posts (esse e esse também), mas nunca dediquei um texto para falar somente sobre a beleza das mesmas durante a estação mais fria do ano.

Vocês podem estar se perguntando por que eu considero as cachoeiras uma curiosidade, e minha justificativa para tal é porque eu, mesmo sabendo que aqui faz frio, que a temperatura fica abaixo do zero, e portanto, é suficiente para congelar líquidos, nunca imaginei que um fluxo de água tão forte poderia de fato mudar do estado líquido para sólido.

Se voltarmos lá na quinta série do ensino fundamental, lembraremos (graças a Wikipédia, obviamente) que o processo de solidificação ocorre devido à perda de energia cinética das partículas que compõem a substância durante o processo de resfriamento, mas também pode ocorrer devido à mudança de pressão, ou graças à combinação dos dois fenômenos. Mas a verdade é: who cares??? Eu não, só quero mesmo ver é as cachoeiras bonitas.

wp-1581637194466.jpg
Tew´s Falls – Foto de Andrew Boll – @thejrboll

O inverno de 2019/2020, no entanto, tem se mostrado bem ameno em comparação com anos anteriores, o que não permitiu que as cachoeiras ficassem completamente congeladas como já ficaram no passado. Em compensação, esse mix de água e gelo, tem deixado as cachoeiras com uma paisagem incrivelmente bonita. Ao mesmo tempo em que vejo o mundo de frozen na minha frente, escuto aquele barulho de água caindo, e essa sensação é indescritível.

wp-1581638042182.jpg
Tew´s Falls – Foto de Kelli Brenton – @kellibrenton

Percebam como uma foto de um mesmo lugar, provavelmente batida num ângulo semelhante, muda de um dia para o outro, dependendo da temperatura externa. A segunda foto foi, sem dúvida alguma, registrada em um dia mais frio do que a primeira. Tem como negar que a paisagem fica realmente perfeita?

Nesses últimos dias tenho recebido bastante mensagens de leitores do Blog ou do Instagram me perguntando se existe algum roteiro das principais cachoeiras daqui de Hamilton que valem a pena ser visitadas nessa época do ano. Minha resposta é de que não existe um roteiro oficial, porém, há algumas cachoeiras em que o acesso é mais fácil do que outras. Vou listar aqui algumas que acho que valem a pena ser visitadas.

Devil´s Punch Bowl

img_20200208_094034
Devil´s Punch Bowl – Arquivo pessoal

Felker´s Falls

wp-1581640985289.jpg
Felker´s Falls – Foto de Andrew Boll – @thejrboll

Tiffany Falls

wp-1581638793649.jpg
Tiffany Falls – Foto de Jim Smith – @jimsmithfromcanada

Sherman Falls

wp-1581640006440.jpg
Sherman Falls – Foto de Andrew Boll – @thejrboll

Smokey Hollow

img_20200210_162107
Smokey Hollow – Arquivo Pessoal

Webster´s Falls

wp-1581639297231.jpg
Webster´s Falls – Foto de Andrew Boll – @thejrboll

Notem que para ilustrar esse post com a beleza que ele merecia, convidei 3 artistas locais para que eu pudesse divulgar o trabalho deles por aqui. Cada vez que olho para essas fotos que eles bateram, tenho vontade de largar o que eu estiver fazendo e ir lá visitar as cachoeiras com os meus próprios olhos. Deixei o link para o perfil do Instagram de cada um deles na legenda das fotos, e gostaria que vocês visitassem as páginas dos fotógrafos para verem outras imagens lindas que eles fizeram.

E agora que vocês já viram qual a minha curiosidade sobre o inverno, convido-os a clicarem nos links abaixo para ler os posts das demais participantes do projeto #VidanaGTA. Ah, não se esqueçam de comentar por aqui, qual dessas cachoeiras vocês gostariam de conhecer quando vierem para Hamilton.

Livi – Baianos no Polo Norte

Gabriela – Gaby no Canada

Paula – Brasileira em Toronto

Sil – Mundo da Sil

Dani – Vidal Norte

8 comentários

  1. Eu estou de boca aberta com essas fotos! Tb fico impressionada em saber que o frio tem a capacidade de congelar uma cachoeira, e até Niagara Falls!
    Adorei seu post Reinaldo, vc sempre traz conteúdo muito relevante e de forma muito irrevente ao seu blog!

    Curtir

    • Obrigado Dani! É muito gostoso mostrar as coisas que fazem a gente amar as nossas cidades. Me lembro que quando eu estava no Brasil eu adorava ver essas coisas, mas era tudo tão limitado antes. Fico feliz de fazer parte de um projeto que dá às pessoas essa oportunidade.

      Curtir

  2. Reinaldo eu acho seus posts simplesmente fantásticos! Muito bem escritos e gostosos de ler. Eu já fiz um roteiro pelas cachoeiras no verão e estou louca para ir no inverno. Seu post me deixou com mais vontade ainda.
    Um forte abraço!

    Curtir

  3. Que fantástico! 😀
    É impressionante aquilo que a Natureza é capaz de dar!
    Estas cascatas congeladas dão um toque diferente à paisagem.
    Recentemente passei pela Islândia e vivi também esta experiência (a ser relatado no meu blogue que o convido a visitar).
    Fantásticas fotografias.
    Abraço e saudações de Portugal.

    Curtir

Deixe uma resposta para Paula Calhelha Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s