Vivendo no Canadá: quando o dia vira noite

Há dias planejo escrever esse post, mas sempre acaba entrando algum outro tema na fila, e este assunto ficando de escanteio. Se vocês procurarem aqui no Blog, já falei algumas vezes sobre o inverno, sobre a adaptação ao frio, a dificuldade das pessoas que vivem nas ruas, o vento gelado, a contagem dos dias para o verão chegar quando o inverno está quase no final, mas não me lembro de já ter falando com mais detalhes sobre os dias curtos e a escuridão.

O verão canadense deixa a gente mal acostumado. O dia amanhece cedo e o sol se põe tarde da noite. As vezes é até difícil pegar no sono, pois ainda há luz lá fora, mas já passou da hora de ir para cama. Quando o verão acaba e logo temos que atrasar o relógio em uma hora (sim, aqui no Canadá ainda temos horário de verão), a mudança é muito brusca. Sempre digo que os primeiros dias são bem difíceis, pois quando saímos do trabalho, a tarde já começa a cair. E olha que não estou falando em sair do trabalho às 6 ou 6:30 não. Saio do trabalho às 4 horas, e já percebo o dia querendo se esconder para a noite chegar. A foto a seguir foi tirada hoje, dia 18 de Dezembro, às 5:20 da tarde.

afterlightimage

Tem vezes que chego do trabalho e venho direto para casa, janto cedo, tomo banho e, quando olho no relógio achando que já é hora de dormir, percebo que ainda não passou nem das 7:30 da noite. Queria até dizer que estou exagerando, mas é exatamente assim que me sinto em alguns dias. Nessa época, evito até deitar no sofá quando estou assistindo alguma série ou filme, pois o risco de eu dormir no meio e acordar de madrugada todo torto, é enorme.

Algumas vezes, quando tenho algum compromisso à noite, ou preciso ir ao mercado, por exemplo, prefiro sair do trabalho e já ir direto resolver tudo o que tenho que fazer na rua, pois sei que a preguiça baterá se eu passar em casa antes. Abastecer o carro, por exemplo, é uma tristeza. Não sei se já comentei anteriormente, mas aqui no Canadá a gasolina costuma baixar o preço à noite. Assim, naqueles dias em que o valor do combustível está nas alturas, a melhor coisa a fazer é esperar a noite cair e aproveitar a queda do preço nas bombas. Mas e a coragem para sair de casa na escuridão e enfrentar as temperaturas negativas? Tudo tem o seu preço, não é? Já perdi as contas de quantas vezes tive que pagar mais caro na gasolina de manhã, pois não tive forças para sair do quentinho de casa para abastecer o carro. Um dia eu aprendo.

Esses dias resolvi enfrentar a escuridão e fui às compras. Saí de casa por volta das 7 da noite, sendo que o mercado (Costco) só fica aberto até 8:30. Foi uma maravilha! Tenho certeza de que não estou sozinho nessa coisa de ficar sem energia nessa época do ano. Aquele mercado geralmente é cheio, em qualquer horário, então descobrir que ele estava tranquilo, numa noite de Dezembro, foi como descobrir o paraíso. Fiz minhas compras tranquilamente e voltei para casa. É isso que precisamos fazer. Não dá para pararmos a vida enquanto o dia está escuro lá fora. É difícil demais, mas é necessário.

A fórmula do sucesso a gente conhece: ir à academia, praticar algum esporte de inverno, subir as escadas do prédio, sair com os amigos, olhar as luzes de Natal na rua, tomar vitamina D, etc, etc, etc. Mas que tem dia que nada disso é possível, isso é um fato! O que não podemos, no entanto, é deixar que a escuridão nos derrube. Tenho me policiado bastante, e embora ainda ache que 6:30 da noite já é hora de dormir, estou conseguindo lidar relativamente bem com os dias mais curtos. Mas, nesse dia que fui ao mercado, comprei uma tranqueira de um salgadinho, numa embalagem gigante, e estou comendo dele sem parar. Essa é uma outra coisa que devemos nos atentar nesses dias de inverno. Não comprarei mais dele não. E vocês, se nunca comeram, não provem!!!

Bom, acho que é isso. Queria mesmo deixar registrado aqui no Blog algum texto falando sobre os dias escuros no Canadá. Nem todos lidam com esse assunto com a mesma facilidade, então, é sempre bom vir preparado para enfrentá-lo. Aos que virão para estudar e têm dificuldades com a noite, sugiro que tentem ser o mais produtivo possível durante o dia, assim conseguirão adiantar bastante coisa. Encontre algo para fazer a noite que te traga bem-estar, e que, ao mesmo tempo, te mantenha ativo. Tenha sempre um chá, uma sopa, ou mesmo uma cervejinha, pois essas coisas dão uma sensação de conforto. E por favor, se resolver dormir às 6:30, não se esqueça de programar a TV para desligar, pois a conta de luz não é de graça!

Um abraço a todos e até o próximo post.

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s