O dia em que Cuba lançou…

DSC06101

Não é todo dia que se tem a oportunidade de fazer parte de um evento que envolve pessoas de tantos lugares diferentes. No ano passado, por exemplo, o Brasil foi sede da Copa do Mundo e eu, Reinaldo, não tive chance de assistir pessoalmente nenhum jogo. Me arrependi! Exatamente por isso fizemos questão de reparar este erro e ir em pelo menos um jogo do Pan-Americano que está acontecendo em Toronto desde o dia 10 de julho.

O dia começou agitado. Levantamos cedo para levar a Alice em sua caminhada matinal e depois partimos para a estação de trem de Hamilton. Como falei aqui no último post, os trens que saem de Hamilton para Toronto são muito limitados e aos finais de semana eles nem rodam. Mesmo assim eu queria andar de trem, então pegamos um ônibus aqui na estação de Hamilton e descemos em Aldershot, cidade vizinha, onde fizemos a integração. Vale lembrar que nos dias de jogos, quem tem o ingresso não paga o transporte. Basta mostrar o ingresso ao motorista e o embarque está garantido. Muito bom!

Chegando ao Exhibition Place, local onde está acontecendo grande parte dos eventos, comemos algo e já fomos esperar o horário da abertura dos portões.DSC06107

A quadra estava lotada. Diferentemente de outros eventos que vi pela televisão e achei vazios, a torcida compareceu em peso. Por todos os lados víamos o verde e amarelo tomando forma. A seleção brasileira, que não era a do Bernardinho, não demonstrou muita sintonia. O nosso jogador mais alto, de 2,16m, impressionou a platéia quando entrou, mas infelizmente deixou a desejar na quadra.

Mesmo assim, assistir Brasil e Cuba me fez lembrar de tantos jogos que acompanhei pela televisão em outras fases  da minha vida. Foi tão bom torcer e vibrar com o Brasil mesmo nos momentos em que ele perdia o jogo. E foram muitos! Mas curtimos até o final!

Tenho certeza que o Pan será para sempre lembrado. Perdemos o jogo aqui, mas com certeza, a emoção de ter acompanhado aquela torcida, ainda que por muito pouco tempo, unida em busca de um único Brasil, sem ódio, sem diferenças, sem preconceitos, valeu a pena. Senti saudades daquele Brasil que infelizmente não existe mais, mas tive a esperança de que ele volte, em um futuro muito próximo, a ser um campeão.

Uma ótima semana a todos! Até mais!

DSC06110 DSC06115 DSC06128 DSC06122

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s