Como são as provas no Canadá?

Multiple Choise

Como a metade do semestre praticamente já foi embora, chega o momento de já começar a se preparar para as tão temidas provas. Embora, na maioria das vezes, as provas de meio de semestre tenham um peso menor do que as finais, elas são extremamente importantes. Costumo dizer que quem garante boas notas nesta etapa, possui grandes chances de obter melhores resultados nas finais, uma vez que quem está tranquilo, tende a fazê-las com mais segurança.

Quando ainda estava no Brasil, tive muitas dúvidas de como seriam as provas aqui no Canadá, uma vez que grande parte das disciplinas que estou cursando, possui muita teoria, com uma série de palavras-chaves e definições. Tive receio de que precisasse decorar estas definições e escrevê-las, com minhas palavras, no dia das provas. Naquele momento, procurei algumas informações sobre o assunto em blogs e no Youtube, mas acabei descobrindo mesmo como eram as coisas depois que as aulas já haviam começado.

Mas afinal, como são as provas em uma faculdade canadense?

Importante dizer que vou relatar a minha experiência com o Mohawk College, mas acredito que este modelo não deva ser tão diferente nas faculdades de outras localidades do Canadá.

Para quem não é muito fã de matemática, tenho boas notícias. As provas, tanto do primeiro semestre, quanto as do meu semestre atual são divididas em duas partes. A primeira delas é composta por questões de múltipla escolha. Claro que você precisa fazer todos os cálculos para conseguir resolvê-las, mas não precisará demonstrar como chegou naquele resultado. Algumas pessoas são ótimas em “chutar” a resposta certa, portanto se você é uma delas, tem chances de já garantir metade da prova. Por outro lado, a segunda parte da prova é reservada para aquelas questões geralmente mais complexas e, por este motivo, temos que demonstrar todo o nosso trabalho para resolvê-las. Alguns professores acompanham todo o desenvolvimento da questão e, se por acaso você começou certo, mas se perdeu no meio do caminho, tem chance de ganhar uns pontinhos nos lugares onde acertou. Claro que estes pontos não são suficientes para você conseguir uma boa nota, mas pelo menos ajudam um pouco, certo?

Nas disciplinas que envolvem um conhecimento mais prático, como análise de gráficos, balanços, e outras coisas mais específicas, as provas seguem o mesmo padrão das de matemática, ou seja, múltipla escolha e aplicação prática. Normalmente a aplicação prática tem um peso muito maior do que as de múltipla escolha, portanto, é importante se preparar melhor para esta fase. Algumas provas, como as de contabilidade, por exemplo, são extensas e se você perder muito tempo respondendo uma das partes, terá dificuldade de terminar a outra em tempo.

Obrigatoriamente, todos os estudantes (independente do curso), inclusive os próprios canadenses, precisam cursar uma disciplina de inglês. No meu caso, esta disciplina era chamada de Comunicação, e tivemos que fazer um teste inicial de inglês para definir em qual turma cairíamos. Nesta matéria não há muito segredo: tivemos uma prova de gramática no meio do semestre, além de um monte de atividades valendo nota  que envolviam a escrita durante todo o período. A prova final foi uma dissertação, onde aplicamos tudo o que foi trabalhado durante os 4 meses de aula. Se você não gosta de redação ou tem muita dificuldade para escrever, melhor se preparar um pouco antes de chegar aqui. Geralmente as professoras desta disciplina são bastante exigentes e nos cobram uma escrita condizente com o nosso nível acadêmico. É bem comum os estudantes internacionais ficarem com uma nota abaixo da que gostariam nesta disciplina, mas acaba sendo uma oportunidade de identificarmos quais os pontos em que precisamos trabalhar para nos aprimorarmos.

Em geral, quem define o grau de dificuldade de cada uma das provas é o próprio aluno, seja pela afinidade com o conteúdo, ou pelo tempo em que se dedica para aprender aquela matéria. Durante o semestre são disponibilizadas muitas ferramentas para que o aluno consiga superar as suas dificuldades: centro de aprendizado onde sempre fica alguém de plantão para tirar dúvidas e auxiliar com os trabalhos, tutoria em grupo e também individual (3 horas semanais por aluno). Isso sem contar as atividades on line que acabam ajudando muito a manter a matéria sempre em dia.

Bem, acho que se eu tivesse estas informações antes de chegar aqui no Canadá, certamente teria ficado um pouco mais tranquilo, pois como já falei, não precisei decorar nenhuma definição para conseguir alcançar boas notas nas provas que fiz até o momento. Espero ter ajudado quem também tinha dúvidas e desejo boa sorte a todos que também estão se preparando para as provas nos próximos dias.

Até breve!!!

5 comentários

  1. Olá,

    Muito bom o blog, informações que não são tão divulgadas. Ao ler o blog fui verificar o site do college que mencionaram, ao olhar os valores só aparece uma tabela, não localizei valores para estudantes internacionais, acredito que não sejam os mesmos valores. Se não for pedir muito pode me dizer onde consigo localizar os valores corretos?

    Abraços.

    Curtir

Deixe uma resposta para reinaldoemariane Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s